VOCÊ ATUALIZADO SEMPRE!!!!

sexta-feira, 25 de março de 2016

SANTARÉM: A Polícia investiga assassinato ocorrido no hotel e não descarta hipóteses de acerto de contas e crime passional

Principal suspeito tem passagem por homicídio na polícia. Câmeras de segurança do hotel auxiliarão investigações.

A Divisão de Homicídios da Polícia Civil trabalha com duas hipóteses do que pode ter motivado o assassinato de Weverton Euclides Silva Castro, de 33 anos, dentro de um hotel em Santarém, na noite de quinta-feira (25). De acordo com o delegado Germano do Vale, até o momento as investigações apontam para acerto de contas ou crime passional.
Segundo Vale, o suspeito de ser o autor do crime já foi identificado. “A suspeita recai sobre essa pessoa em razão de já ter tido problemas anteriores [com a vítima], segundo os familiares informaram. Eles falaram desse desentendimento, dessa desavença. Se concretizar que foi ele, o suspeito já tem outros crimes como porte ilegal de arma de fogo e um homicídio em janeiro”.
O delegado ressaltou que a vítima já havia até registrado um Boletim de Ocorrência (B.O.) contra o suspeito do crime. “Vamos colher as informações, não só de testemunhas, mas também as imagens do circuito de segurança, e dos estabelecimentos ali de perto. A partir de hoje temos 30 dias para remeter ao poder judiciário o pedido do que realmente aconteceu na noite de ontem na Fernando Guilhon, que culminou com o homicídio qualificado”, explicou.
Morte no hotel
Weverton foi assassinado a tiros dentro de um hotel localizado na Avendia Fernando Guilhon, bairro Maracanã por volta de 22h30 de quinta-feira (24). De acordo com as informações iniciais, ele estava na rua quando foi abordado pelo autor do crime e entrou no hotel para se esconder.


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Em quem você votaria pra Deputado Estadual em 2018 representado Itaituba?

Total de visualizações