Ação pede multa de R$ 405 mil contra ex-chefe do Incra

Ação pede multa de R$ 405 mil contra ex-número 1 do Incra, Luiz Bacelar

R$ 135 mil
Valor que o MPF (Ministério Público Federal) pede à Justiça, por meio de ação por improbidade administrativa, que o ex-chefe do Incra Luiz Bacelar Guerreiro Júnior em Santarém devolva aos cofres públicos.

R$ 405 mil
Multa fixada pelo MPF nessa ação contra Bacelar, acusado de reduzido área de um assentamento em Óbidos, para depois reivindicar parte do terreno para sua família. Outra parte foi reivindicada pela família de Eloy Luiz Vaccaro.

10 anos
Tempo que o MPF, na ação assinada pela procuradora da República Fabiana Schneider, pede que Bacelar fique com seus direitos políticos cassados e proibido de fazer contratos com o poder público.

30
Pessoas foram presas na operação Madeira Limpa, em agosto de 2015, entre os quais Bacelar. Essa nova ação contra ele, ajuizada no último dia 12, é desdobramento dessa investigação.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ITAITUBA//PA: NA TARDE DESTE DOMINGO GU CORPO DE BOMBEIRO ACHAM O JOVEM DESAPARECIDO EM RIO.

Homem e alvejado a tiros em Santarém