VOCÊ ATUALIZADO SEMPRE!!!!

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Polícia Civil investiga paradeiro de técnico em Enfermagem em Breves

A Polícia Civil investiga o paradeiro do técnico em Enfermagem Izam Baia Azevedo, 56 anos, acusado de estuprar três meninas, no município de Breves, na Ilha do Marajó.
O acusado, que trabalha como agente de saúde no município, não foi mais visto na cidade, após ser denunciado e ter o mandado de prisão decretado pela Justiça, em decorrência de representação feita pela delegada Monike Brasil, da Delegacia da Mulher. A ordem de prisão foi expedida em um dos inquéritos policiais por conta de descumprimento de medida cautelar em favor da vítima.

Uma testemunha relatou à delegada que Izam Azevedo foi à procura da vítima, por diversas vezes, na escola em que ela estuda, apesar da ordem judicial que obriga o acusado a manter distância mínima de 50 metros da criança. "Ele só não conseguiu falar com a menina, porque uma professora o impediu", detalhou a policial civil. Diante disso, o fato foi comunicado pela Delegacia da Mulher à Justiça, que decretou a prisão do acusado.
A expedição da ordem de prisão foi fundamentada nos indícios de autoria do crime, além do requisito da manutenção da ordem pública, já que o crime gerou clamor social. Por quatro vezes, a equipe da Delegacia da Mulher de Breves fez buscas ao acusado na cidade, mas até o momento, ele não foi encontrado. Diante disso, quem tiver informações do paradeiro de Izam Azevedo deve ligar para o fone 181, o Disque-Denúncia. O sigilo da informação é garantido.


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Em quem você votaria pra Deputado Estadual em 2018 representado Itaituba?

Total de visualizações