VOCÊ ATUALIZADO SEMPRE!!!!


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Exame confirma morte de macaco por febre amarela em Rurópolis

A Secretaria de Saúde de Rurópolis já adotou medidas de bloqueio e controle vacinal

contra a doença, onde os Munícipes de Uruará estão até sem vacina para a prevenção da doença.

O IEC (Instituto Evandro Chagas), em Belém, confirmou hoje, 21, que deu resultado positivo para febre amarela o exame no macaco (primata não humano) encontrado na comunidade Estrela do Norte, zona rural do Rurópolis, no oeste do Pará, há cerca de 20 dias.

Com o resultado, mediante realização de teste de biologia molecular (RT-PCR em tempo real), o IEC notificou imediatamente o 9º Centro Regional de Saúde/Sespa, com sede em Santarém, bem como o Ministério da Saúde.

Os macacos são hospedeiros do vírus da febre amarela.

De acordo com a secretária de Saúde de Rurópolis, Fernanda Cardoso, o município já adotou medidas de bloqueio e controle vacinal contra a doença.

O secretário de saúde de Uruará afirmou que o município de Uruará não está na área de risco da febre amarela. Onde nenhuma preocupação das autoridade Uruaraense sobre a doença esta em evidencia, por isso esteja faltando a vacina no Hospital Municipal de Uruará. Já os secretários de Placas, Rurópolis, Santarém, etc.. pensam diferente, pois lá tem a vacina.

A febre amarela

A febre amarela é uma doença infecciosa grave, causada por vírus e transmitida por vetores. Geralmente, quem contrai este vírus não chega a apresentar sintomas ou os mesmos são muito fracos.

As primeiras manifestações da doença são repentinas febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos por cerca de três dias.

A forma mais grave da doença é rara e costuma aparecer após um breve período de bem-estar (até dois dias), quando podem ocorrer insuficiências hepática e renal, icterícia (olhos e pele amarelados), manifestações hemorrágicas e cansaço intenso.

A maioria dos infectados se recupera bem e adquire imunização permanente contra a febre amarela.


domingo, 5 de fevereiro de 2017

Itaituba: Mais um acidente no trecho da morte duas vítimas Fatal

Mais um acidente na rodovia transamazônica na noite deste domingo um grave acidente envolvendo um micro ônibus e uma moto.
O acidente vitimou duas pessoas uma criança é um adulto, As causas do acidente ainda não foi apurado.

Opinião Edson Júnior

Até quando vamos continuar com mortes principalmente nesse trecho será que não existe um gesto com vergonha na cara pra propôr um canteiro no meio dessa porcaria chamada transamazônica
Fica aqui a minha.


←  Anterior Proxima  → Página inicial

Total de visualizações